A Economia Angolana Em 2015, 2016 E 2017

Economia Angolana Em 2015

A Economia Angolana Em 2015, 2016 E 2017

6,600.00Kz

Título: A Economia Angolana Em 2015, 2016 E 2017
Autor: Manuel José Alves da Rocha
Editora: Texto Editores
Idioma: Português
Género: Análise Económica
Números Páginas: 198

Disponibilidade: 3 em stock
  • Descrição
  • Avaliações (0)

Descrição

Economia Angolana Em 2015, 2016 E 2017

Economia Angolana Em 2015, 2016 E 2017 | Editora Texto Editores

O facto de ter um espaço de comunicação regular com o público – académicos, empresários, investigadores, –
políticos, docentes universitários e estudantes – tem sido um grande incentivo à minha reflexão sobre as diferentes facetas da sociedade angolana.

Durante os anos a que os meus pensamentos se referem – 2015, 2016 e 2017.

Angola tem enfrentado a pior crise financeira e económica depois de 2002.Independente do ângulo sob o qual a sua realidade é analisada, o país( ou melhor, a sua governação) perdeu oportunidades de ouro para introduzir reformas estruturais e duradouras que alavancassem a economia e a sociedade para patamares mais elevados de desenvolvimento e de progresso social e contribuíssem para aumentar a capacidade de resiliência a choques externos – ingeríveis pela política económica nacional.

As ideológias e doutrinárias forma e só vingaram porque o MPLA está no poder há mais de 42 anos, initerruptos, sem oposicões válidas e com espaços reduzidos de afirmação de diferenças quanto aos modelos económicos e sociais.Existe um pensamento económico e social único veiculado pelo partido político no poder, relativamente ao qual a única verdade é a sua…

Nas próximas páginas pode ler, ou reler, 58 crónicas publicadas por Manuel José Alves da Rocha no jornal Expansão em 2015,2016 e 2017 –  primeira datada de 9 de Janeiro de 2015, e a última de 5 de Março de 2017.

Compiladas neste livro e que podiam ser intituladas ” O que eu escrevi no semanário Expansão em 2015,2016 e 2017″.

Sem surpresa, o que Alves da Rocha escreveu no semanário Expansão reflete a conjuntura económica de  –
Angola neste período, que o autor apelida de tsunami financeiro, e para o qual aponta causas, efeitos e soluções.

 

Avaliações

Não existem opiniões ainda.


Seja o primeiro a avaliar “A Economia Angolana Em 2015, 2016 E 2017”